Calculei a GRRF e esqueci de colocar na rescisão as faltas e atrasos do funcionário. Posso excluir está guia e enviar uma nova GRRF com o valor correto, pois a partir do momento que lanço os atrasos na rescisão o valor da multa fica diferente? Na realidade quero saber se posso fazer um a nova guia de GRRF pelo conectividade social.

Resposta:

Como não foi especificado se a GRRF foi paga ou não, colocarei pareceres para dois procedimentos;
1. Não Pagas (apenas processadas / transmitidas); e
2. Guia Pagas
As guias Não pagas(apenas Processadas / Transmitidas) não entram na base de dados da CEF (Caixa Econômica Federal). Elas só serão inseridas ao depois do efetivo pagamento.

Ou seja, se após transmitida a GRRF percebe-se algum tipo de erro – valor maior ou menor, dados incorretos – e a guia da GRRF “NÃO FOI RECOLHIDA AINDA”, não há necessidade de fazer nenhuma solicitação de exclusão. Basta gerar uma nova Guia Correta e desconsiderar a errada, pois uma guia sempre sobrepõe a outra, caso não seja complementar.

Caso Guia tenha sido Paga, recomendo que seja feito dois procedimentos;
1. Gerar uma RRR (Retificação de Recolhimento Rescisório) e protocolar na Caixa para que tenham conhecimento do procedimento utilizado; e conexo
2. Gerar uma Guia Complementar somente com o valor da diferença.
Após o pagamento da guia rescisória é gerado um arquivo de retorno que possibilita a impressão das guias GRRF processadas dos trabalhadores (individuais) com registro dos dados da autenticação (Banco, Agência e Data de Quitação). Faça o Download do Manual  Operacional da GRRF

10/09